terça-feira, 2 de junho de 2009

O que esperar do amor?

Passear de mãos dadas numa linda praça?
Tomar sorvete ou comer algodão-doce juntinho?
Ou será que em vez do romantismo, esperar algo mais picante?
Sentir o chão se perder sob os pés?
O que esperar do amor?
De repente, idealizamos uma pessoa, criamos inúmeras expectativas e quando nos damos conta, percebemos que ela nunca existiu. Aí vem a frustração.
Tornar o fruto da nossa imaginação em realidade é uma missão quase impossível.
O segredo é não fantasiar, aguardar a pessoa chegar e viver os momentos ao lado dela.
Justamente quando menos imaginamos o amor acontece, surge quebrando regras, ultrapassando obstáculos e nos faz sucumbir.
Simplesmente deixe-o acontecer, não planeje , nem tente entender.
Sandra Franzoso

2 comentários:

Anônimo disse...

e mesno verdade damos tudo e de repente nao recebenos nada

Sandra F. disse...

Sim, é isso mesmo. Muitas vezes damos tudo e nada recebemos, noutras somos nós a deixarmos a desejar. Devemos procurar fazer o nosso melhor, a nossa parte, focar naquilo que importa e o retorno virá mais cedo ou mais tarde.

Obrigada! (Esse blog está meio esquecidinho, não tenho muito tempo para postagens, mas agradeço a visita).