terça-feira, 5 de janeiro de 2010

Recomeço

Os relacionamentos duram o tempo necessário para que as pessoas sejam felizes. Ou aprendam com eles.
A vida é feita de ciclos e os momentos que vivemos vão se renovando. Portanto, temos que seguir adiante. O que acabou deve ficar no passado, teremos doces recordações de boas situações vividas, as ruins nos servirão como lição, porém, temos que abrir o coração para uma nova etapa. Precisamos nos doar ao máximo numa relação para quando ela chegar ao fim, termos a consciência tranquila, a certeza de que tentamos. O que não podemos é dar murro em ponta de faca, investir num relacionamento que não nos traz mais alegria. Assim como também não devemos obrigar alguém a viver em função dos nossos desejos, nem nos relacionarmos com alguém que pensa em outro alguém. Os dois devem estar preparados para recomeçar, deixando as paixões antigas lá atrás.
Mais cedo ou mais tarde, acertaremos na escolha e aí não teremos mais que viver um fim. O importante é deixarmos a mente e o coração livres pra quando esse momento chegar e ele fatalmente chegará, no tempo certo.
Muitas vezes, uma amor antigo, adormecido, desperta para nunca mais partir, pois precisava de um tempo pra que o casal se organizasse, se entendesse e analisasse a dimensão desse sentimento, descobrisse até que ponto um estaria disposto a ceder em prol do outro. Não deixa de ser um recomeço. O importante é saber diferenciar ilusão de sentimento.
O amor é um presente de Deus, é a melhor coisa do mundo, mas só quando nos faz felizes.

Sandra

13 comentários:

Victor S. Gomez disse...

Amar e ser amado é muito bom, mas é preciso se gostar primeiro. bj

Sandra F. disse...

Exatamente, caro Victor.
Obrigada, beijo.

Gilberto Queiroz disse...

Com certeza minha amiga, lembrando ainda que infelizmente o casamento esta se tornando algo tao comum com tomar cafe da manha... Já comemoram ate o divorcio e com festas... É lamentavel.
Parabens pelos posts ja estou lhe seguindo

Gilberto Queiroz

Sandra F. disse...

Obrigada, Gilberto.
Forte abraço!

Silvana Nunes .'. disse...

Maravilha. Clicando daqui, clicando dali, cheguei até você.
Gostei do seu cantinho.E eu detesto o flamengo hahahaha
Certamente voltarei mais vezes.
Convido a conhecer FOI DESSE JEITO QUE EU OUVI DIZER... em http://www.silnunesprof.blogspot.com
Saudações Florestais !

Sandra F. disse...

Olá, eu fui conhecer seu espaço e também seu outro blog de poesias, gostei muito.
Grande abraço e bem-vinda!

Marcos Vinicius de Moraes disse...

Oi, Sandra, tudo bem com você?

Eu estava navegando pelo diHITT e conheci seu blog.

Os relacionamentos já são complexos por natureza, não a natureza divina e, sim, originária do ser humano mesmo.

Mesmo assim, é através dessa complexidade que conseguimos aprender, porém seguindo sempre em frente.

É natural termos recordações das dores do passado, mas ajudam a construir um novo ser dentro de nós mesmos.

Quando eu li um trecho do seu texto que diz "não devemos obrigar alguém a viver em função dos nossos desejos", é a mesma coisa dizer que o relacionamento não é fruto de duas metades, mas de soma. Portanto, ninguém é de ninguém; é um erro a pessoa deixar de viver a sua própria vida para viver a vida de outra pessoa.

Independente de estar ou não com alguém, o coração sempre deve estar aberto. É assim que caracteriza a individualidade. Bom, pelo menos foi o que eu entendi, após ler o seu texto rs.

Bjss e parabens pelo seu blog.

O meu blog não é relacionado a poesias, mas de assuntos ligados à educação e ensino. Mesmo assim, querendo visitar, acesse http://aulas100.blogspot.com

Bom feriado.

Sandra F. disse...

Olá, Marcos

Obrigada pela visita aqui no meu espaço rs. Então, é isso mesmo, o relacionamento é o fruto da soma em que cada um respeita a individualidade do outro.
Vou visitar seu blog sim. Obrigada pelo comentário.

Bom feriado, bjs.

nunesjanilton disse...

Olá Sandra! Tudo bem? Cá estou eu paginando teu blog e vendo que realmente vc não publicou mais. Sei que é falta de tempo.

Esse texto é uma boa reflexão para que as pessoas tenham uma forma diferente de enxergar o verdadeiro sentido de um relacionamento a dois. O amor, carinho e respeito são as bases que sustentam um bom relacionamento.Sem eles seria difícil uma vivência a dois. Parabéns pela reflexão. Espero que vc volte logo a publicar suas postagens. Abraços!

Débora Trojahn disse...

Em um daqueles momentos que paramos para procurar novos textos e modos de falar, vim aqui e comecei a ler seus posts. Muito bons, parabéns.

josiel da silva disse...

Muito profundo tudo o que você disse muito linas suas palavras

josiel da silva disse...

Lindas palavras muito profundas...

josiel da silva disse...

Muito profundo tudo o que você disse muito linas suas palavras